Menino de 14 anos de idade se arrepende de ter “mudado de sexo”

quarta-feira, setembro 13, 2017
Patrick foi diagnosticado com “disforia de gênero” e fez cirurgias para “virar menina”.


 O australiano Patrick Mitchel tinha apenas 12 anos de idade quando foi diagnosticado que sofria de “disforia de gênero”. Com autorização da família, começou um processo de “mudança de sexo”. Contudo, dois anos após a cirurgia que o transformou em uma “menina”, ele diz estar arrependido e que ainda se sentia membro do sexo masculino.


Desde então ele vem fazendo um doloroso processo para voltar ao sexo com que nasceu, incluindo tratamentos cirúrgicos.

“Desde quando ele era mais jovem, vestia roupa feminina”, justifica Alison, a mãe de Patrick. Seu filho começou a tomar hormônios de estrogênio, que lhe ajudou a desenvolver seios e deixou o cabelo crescer.


Em entrevista ao programa 60 minutes, Mitchell, que hoje tem 14 anos explica que ser menina não é como ele pensava. Por isso, optou pela “destransição”.

Alison admite que o filho já não demonstra mais a antiga confusão a respeito de sua identidade sexual. Ela reclama que os médicos foram “precipitados” ao darem o diagnóstico de disforia de gênero quando ele tinha apenas 12 anos.


“Fico triste que ele estivesse confuso e pelos tempos difíceis que passou, mas estou muito feliz com quem ele é hoje”, encerrou.

Agora a família faz planos para ir a Coreia do Sul para que o menino possa fazer a cirurgia de retirada das mamas. É um dos únicos países do mundo que aceita fazer essa operação em menores de idade. 

Por Jarbas Aragão com informações Daily Mail
Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Pará deve sediar centro integrado de Segurança da região Norte

Pará deve sediar centro integrado de Segurança da região Norte "É preciso que cada um cumpra com a sua obrigação, que tenhamos pulso forte e que se trabalhe muito para que possamos devolver a paz para a população paraense. Tivemos audiência hoje com o Presidente da República, Michel Temer, o Ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, e deputados federais do Pará onde ficou decidido que o Centro Integrado de Comando e Controle da Região Norte será instalado em Belém. É um espaço que integra todos os órgãos de segurança pública, federais e estaduais, com o objetivo de investigar e reduzir a onda de violência que tomou conta da nossa região, do nosso estado e da região metropolitana da nossa capital Belém", disse Helder Barbalho. Por Gleyson Araujo SAIBA MAIS NO LINK: www.tvcidadesbt.com.br/2018/04/para-deve-sediar-centro-integrado-de.html

Publicado por TV Cidade SBT em Sexta, 13 de abril de 2018
Acidentes (733) Altamira (1030) Anapu (57) Belo Monte (227) Belo Sun (14) Brasil (1864) Brasil Novo (668) Celebridades (95) Ciência (192) Cinema (74) Clima e Tempo (51) Curiosidades (983) Desaparecidos (13) Eleições (263) Esporte (76) Governo Federal (369) Ibama (59) Imprensa (115) Internet (415) Itaituba (185) Justiça (713) Marabá (43) Medicilândia (198) Mundo (860) Música (132) Norte Energia (188) Novo Repartimento (28) Pacajá (47) Pará (920) Placas (45) Polícia (2229) Política (1285) Porto de Moz (27) Religião (565) Rurópolis (71) Santarém (218) SBT (302) Souzel (38) Tecnologia (251) Televisão (372) Transamazônica (369) Tucuruí (53) Uruará (321) Vitória do Xingu (138)

Postagem em destaque

Helder lidera em nova pesquisa para governador do Estado

Helder Barbalho (PMDB) lidera na nova pesquisa sobre a preferência do eleitorado paraense nas eleições deste ano ao governo do Estado. Na in...