Slideshow

Breaking News

Criança de 10 anos filma próprio estupro para que adultos acreditem nela

(Foto: Divulgação)
Um caso de abuso sexual contra uma menina de apenas 10 anos chocou a população do Uruguai e levantou um debate em todo país. A criança gravou o estupro a que foi submetida pelo pai de uma amiga para que os adultos acreditassem nela.

O caso ocorreu na cidade de Artigas, no norte do país. A menina costumava visitar uma amiga, para brincar e ouvir música durante a tarde, quando a mãe da colega estava trabalhando. Nessas ocasiões, o pai dessa amiga, um homem de 62 anos, costumava pedir para filha ir ao mercado comprar algo. Já a sós com a vítima, ele passava a mão nas genitais da garota.

Curte nossa página no Facebook e fique atualizado!

Os crimes ocorreram ao longo de um ano, e chegaram a ser testemunhados pela filha do abusador. Segundo a promotora de Justiça que cuidou do caso, as duas conversaram sobre os atos e concluíram que nenhum adulto acreditaria nelas, pois o homem tinha grande reputação na vizinhança, e então planejaram conseguir uma prova dos crimes, gravando o momento de um dos estupros, utilizando um notebook escolar distribuído pelo governo aos estudantes.

A filmagem foi levada a Justiça e o abusador foi preso. Mesmo com a filmagem, ele negou os crimes. Ele segue preso e, se condenado, poderá pegar até seis anos de reclusão.

Ainda de acordo com a promotora, o caso serve como um alerta para esse tipo de crime, que "ocorre com mais frequência que o imaginado", e para que os pais fiquem atentos e ouçam seus filhos.


DOL (Com informações da BBC)