Os efeitos do Krokodil, droga utilizada na Rússia

domingo, outubro 01, 2017
Usuária com o braço totalmente corroído pela droga Krokodil - Foto: reprodução/Internet
Surgida na Sibéria, em 1992, a Krokodil foi criada como uma alternativa mais barata à heroína. Ela é feita a partir da desomorfina, um sedativo e analgésico 10 vezes mais forte que a morfina.


Para produzir a droga, são usados alguns componentes improvisados (porém, fáceis de serem adquiridos), como gasolina, querosene, solventes de pinturas, comprimidos de codeína e até fósforo (tirado da lateral das caixinhas de fósforos). Tudo é cozido sem a mínima higiene e cuidado. O produto resultante dessa porcaria é injetado direto na corrente sanguínea (onde houver uma veia fácil).
Um laboratório na Rússia onde é preparada a droga!
Apesar da “viagem” proporcionada pela Krokodil ser comparada à da heroína, o tempo que ela dura no organismo é pouco, o que obriga ao usuário a se picar novamente em poucos minutos. Como o tempo de preparo é muito maior do que tempo que o “barato” dura no usuário, a Krokodil é feita aos montes – vários e vários litros de uma vez – e, enquanto alguns vão se drogando, outros já vão preparando a nova “fornada” da droga!


Com tantos produtos químicos embutidos, a “crocodilo” começa a causar uma irritação no local da aplicação. Essa irritação vai aumentando até necrosar a área onde foi aplicada e chega a deixar expostos ossos e músculos do doente. Na maioria dos casos, o membro afetado acaba tendo que ser amputado!

Quando o efeito da Krokodil passa, as dores são terríveis!


O nome Krokodil


O nome “Krokodil” vem de “crocodilo” mesmo, como você já deve ter imaginado!

Ela foi batizada assim porque a pele dos usuários dessa droga vai ficando esverdeada e cheia de escamas, lembrando a pele do réptil.

Não há muito apoio do governo russo para ajudar nas casas de reabilitação de lá. A desintoxicação é bastante lenta e dolorosa.

Da Rússia para o mundo


Apesar de ser um “sucesso” na Rússia, a Krokodil já está se espalhando por vários países da Europa e há relatos de que essa praga já tenha chegado aos Estados Unidos.

Com informações GGN
Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (686) Altamira (1002) Anapu (48) Belo Monte (224) Belo Sun (14) Brasil (1766) Brasil Novo (643) Celebridades (89) Ciência (187) Cinema (70) Clima e Tempo (42) Curiosidades (865) Desaparecidos (11) Eleições (218) Esporte (74) Governo Federal (337) Ibama (57) Imprensa (113) Internet (384) Itaituba (171) Justiça (666) Marabá (42) Medicilândia (174) Mundo (818) Música (129) Norte Energia (186) Novo Repartimento (23) Pacajá (41) Pará (842) Placas (44) Polícia (2109) Política (1160) Porto de Moz (25) Religião (549) Rurópolis (70) Santarém (209) SBT (299) Souzel (37) Tecnologia (229) Televisão (364) Transamazônica (354) Tucuruí (47) Uruará (302) Vitória do Xingu (130)