quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Após polêmica, ministra desiste de pedir salário de R$ 61 mil

Luislinda Valois, que comanda a pasta dos Direitos Humanos, solicitou ao governo que pudesse acumular aposentadoria de desembargadora com salário do cargo
A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, durante cerimônia de posse em Brasília (DF) - 03/02/2017 (Andressa Anholete/AFP)
A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, desistiu nesta quinta-feira do pedido que fez ao governo para ganhar o salário integral do cargo, o que elevaria seus vencimentos mensais para R$ 61,4 mil, já que ela também recebe como desembargadora aposentada do Tribunal de Justiça da Bahia.

A ministra comunicou a desistência por meio de nota depois da repercussão negativa após entrevista dada à Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo – que revelou o caso -, na qual ela justificou o pedido de acúmulo de vencimentos porque o cargo que ocupa impõe gastos extras como se “vestir com dignidade” e “usar maquiagem”.

Curte nossa página no Facebook e fique atualizado!

Luislinda recebe R$ 30,5 mil como desembargadora aposentada. Como ministra, o salário seria de R$ 30,9 mil, mas, para não ultrapassar o teto constitucional de R$ 33,7 mil – o mesmo de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) -, ela recebe do governo apenas R$ 3,2 mil.

Ela disse que não se arrepende de ter comparado seu caso ao trabalho escravo na petição encaminhada ao governo para receber o salário integral de ministro. “Todo mundo sabe que quem trabalha sem receber é escravo”, diz.

“Considerando o documento sobre a situação remuneratória da ministra Luislinda Valois, o Ministério informa que já foi formulado um requerimento de desistência e arquivamento da solicitação”, diz a nota divulgada pelo Ministério dos Direitos Humanos.

Fonte: Veja

Compartilhe

Comente no Facebook

NEWS - FORMATURA DA TURMA DE PEDAGOGIA EM BRASIL NOVO

NEWS - FORMATURA DA TURMA DE PEDAGOGIA EM BRASIL NOVO SAIBA MAIS NO LINK: www.tvcidadesbt.com.br/2018/05/news-formatura-da-turma-de-pedagogia-em.html

Publicado por TV Cidade SBT em Domingo, 20 de maio de 2018

Postagem em destaque

Helder lidera em nova pesquisa para governador do Estado

Helder Barbalho (PMDB) lidera na nova pesquisa sobre a preferência do eleitorado paraense nas eleições deste ano ao governo do Estado. Na in...

Mais Acessadas

Arquivo do Site