Slideshow

Breaking News

Ronaldinho vai concorrer ao Senado pelo mesmo partido de Bolsonaro

Ronaldinho Gaúcho vai oficializar a candidatura ao Senado por Minas Gerais apenas em março de 2018
O ex-craque Ronaldinho Gaúcho será mais um que deixará os gramados para se aventurar no campo da política. De acordo com o blog de Lauro Jardim, em O Globo, Ronaldinho se filiou recentemente ao PEN, futuro Patriota, e vai disputar uma vaga no Senado pelo estado de Minas Gerais.


O acordo foi costurado junto ao vice-presidente da sigla, Gutemberg Fonseca. No Patriota, o ex-jogador terá o apoio de Jair Bolsonaro, que saíra candidato à presidência da República 2018. O partido ainda contará o ex-jogador Somália, que deve se candidatar como suplente do camisa 10.

Apesar dos detalhes estarem praticamente certos, Ronaldinho só vai confirmar a candidatura de forma oficial em março de 2018, quando serão permitidos as inscrições para filiação partidária.

O ex-jogador sempre fez questão de demonstrar sua grande identificação com o estado de Minas Gerais, principalmente após ter sido peça chave na inédita conquista da Copa Libertadores 2013, pelo Atlético-MG, em 2013. Além de Ronaldinho, outros ex-craques do clube já enveredaram para o ramo da política, casos de Eder Aleixo, Reinaldo, João Leite e Marques.

Por Jovem Pan