Slideshow

Breaking News

Adolescente é morto por outros jovens com golpes de machado

Imagens mostram pelo menos cinco pessoas cometendo o crime
Jovem de 17 anos morto a golpes de machado em Fortaleza
Reprodução
O adolescente Wesley Tiago de Sousa Carvalho, 17 anos, foi morto por um grupo de pelo menos cinco jovens a golpes de machado e outros objetos cortantes, além de pedradas. Segundo a Polícia Civil do Estado do Ceará, o crime aconteceu no dia 30 de dezembro, no bairro Praia do Futuro, em Fortaleza (CE).

O R7 teve acesso ao vídeo que está circulando em grupos de redes sociais, que mostra o momento do jovem sendo executado. A filmagem não será divulgada por conter cenas fortes.

Além das imagens, circula uma mensagem que o crime teria sido promovido pela facção criminosa cearense GDE (Guardiões do Estado).


A SSPDS-CE (Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará) disse que o caso está sendo investigado pela DHPP (Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa) da Polícia Civil. A princípio, a polícia descartou apenas a possibilidade de o crime ter sido motivada por preconceito ou discriminação de gênero.

Questionada pela reportagem sobre a possibilidade de o crime ter sido motivada por conflito entre facções rivais, a pasta não retornou.

Massacre de adolescentes


Há menos dois meses, em 13 de novembro, quatro adolescentes com idades entre 12 e 17 anos foram retirados do Centro de Semiliberdade Mártir Francisco, onde estavam internados, e foram assassinados a tiros e golpes de facão e faca.

Na ocasião, um vídeo que mostra um dos adolescentes sendo morto indica que o crime teria sido cometido por rivalidade entre facções criminosas.

Na filmagem que começou circular logo após a chacina, o assassino pede para uma das vítimas mostrar uma tatuagem com os números 745 nos dedos. Os números correspondem à sétima, quarta e quinta letra do alfabeto, que representa a sigla GDE, da facção Guardiões do Estado.

Por Kaique Dalapola, do R7