Bolsonaro será candidato a presidente pelo PSL

domingo, janeiro 07, 2018
Deputado e o presidente do partido, Luciano Bivar, divulgaram comunicado na tarde desta sexta-feira com o anúncio, que não menciona 'filiação'
Uma carta assinada por Jair Bolsonaro e Luciano Bivar confirma a candidatura à presidência pelo PSL (PSL/Divulgação)
O deputado federal e pré-candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro(PSC-RJ) anunciou nesta sexta-feira que concorrerá ao Palácio do Planalto pelo Partido Social Liberal (PSL). Bolsonaro e o PSL divulgaram um termo de compromisso, assinado pelo deputado e pelo presidente do partido, Luciano Bivar, em que anunciam o entendimento. O documento, no entanto, não fala em “filiação” do presidenciável.


“É com muito orgulho que o PSL recebe o deputado Jair Bolsonaro e sua pré-candidatura a Presidência da República. Outrossim, é com muita honra que o deputado se sente abrigado pela legenda, e muito à vontade em um partido onde existe total comunhão de pensamentos”, diz o texto.

O comunicado ainda afirma que as prioridades tanto para Bivar quanto para Bolsonaro são “o pensamento econômico liberal, sem qualquer viés ideológico, assim como, o soberano direito a propriedade privada e a valorização das forças armadas e de segurança”. “Preservar as instituições” e “defender os valores e princípios éticos e morais da família brasileira” também são citados no termo, que anuncia a unificação dos objetivos do PSL e os “desejos de mudança” de Jair Bolsonaro.


Antes de aderir ao PSL, Bolsonaro havia negociado sua ida ao PEN/Patriota, que em setembro de 2017 chegou a divulgar propagandas na TV com imagens do deputado federal. Conforme o Radar publicou, no entanto, houve atrito entre Bolsonaro e dirigentes dos diretórios estaduais do partido. “Só tem ignorante na equipe dele”, disse um integrante do Patriota.

Livres

Depois do anúncio da chegada de Bolsonaro ao PSL, o Livres, ala do partido comandada por Sérgio Bivar, filho de Luciano, que rejeitava o deputado, anunciou a saída a legenda. “Agora, infelizmente, Livres e PSL tomam caminhos separados. A chegada do deputado Jair Bolsonaro, negociada à revelia dos nossos acordos, é inteiramente incompatível com o projeto do Livres de construir no Brasil uma força partidária moderna, transparente e limpa”, afirma o grupo, que cita como “inimigo” a “velha política”.

Com carta branca de Luciano Bivar, o Livres vinha comandando o PSL em pelo menos 12 diretórios estaduais — o do Paraná não é um deles.

“Os radicais livres vão ter que procurar outro partido”, afirmou o deputado Alfredo Kaefer ao blog VEJA Correspondentes – Paraná. Kaefer é um dos principais entusiastas da entrada de Jair Bolsonaro no PSL. “Com alguns ajustes, Bolsonaro transforma o PSL em protagonista na próxima eleição“, diz.

Fonte: Veja
Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

COMERCIAL - AUTO FESTE 2018 EM BRASIL NOVO

COMERCIAL - AUTO FESTE 2018 EM BRASIL NOVO

Publicado por TV Cidade SBT em Quinta-feira, 18 de janeiro de 2018
Acidentes (702) Altamira (1011) Anapu (52) Belo Monte (225) Belo Sun (14) Brasil (1792) Brasil Novo (650) Celebridades (92) Ciência (188) Cinema (71) Clima e Tempo (43) Curiosidades (901) Desaparecidos (11) Eleições (229) Esporte (76) Governo Federal (347) Ibama (57) Imprensa (113) Internet (394) Itaituba (175) Justiça (674) Marabá (42) Medicilândia (183) Mundo (831) Música (130) Norte Energia (186) Novo Repartimento (23) Pacajá (42) Pará (855) Placas (44) Polícia (2141) Política (1190) Porto de Moz (25) Religião (554) Rurópolis (70) Santarém (211) SBT (301) Souzel (37) Tecnologia (231) Televisão (368) Transamazônica (359) Tucuruí (47) Uruará (304) Vitória do Xingu (131)

O Fenômeno Jair Bolsonaro: o único a empolgar o Brasil

Bolsonaro recebido por eleitores pelo Brasil O Brasil sempre foi um país pródigo na produção de suas pérolas, jabuticabas, e na avali...