Slideshow

Breaking News

Idoso é preso em Uruará suspeito de abusar sexualmente de bebê de 8 meses

A equipe de plantão da Polícia Civil de Uruará, deu cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela justiça em desfavor do nacional, Francisco Moreira Gomes, 63 anos, o mesmo é suspeito de ter abusado do próprio neto de apenas 08 meses de vida, em caso ocorrido na cidade de Uruará no ano de 2017.


A prisão ocorreu no final da tarde desta quinta-feira, 25, o suspeito foi conduzido para a Delegacia, onde não quis gravar entrevista, mas negou que tenha cometido qualquer tipo de violência contra seu neto. Segundo ele, a nora teria inventado tudo ao denunciá-lo à polícia, por razões desconhecidas.


“Nós recebemos informações da mãe da vítima que nos comunicou que supostamente seu filho vinha sendo vítima de abusos sexuais, sendo que o principal suspeito era o avô paterno. Nós iniciamos o inquérito, fizemos oitivas, a criança foi encaminhada para Altamira, onde passou por exame pericial, exame sexológico forense, e diante do arcabouço que nós tínhamos, as provas juntadas aos autos, foi concluído o inquérito e ele foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável, que é previsto no artigo 217 A do código penal. Encaminhamos este inquérito a justiça, posteriormente foi dado vistas ao ministério público e hoje o juiz decretou a prisão preventiva desse indivíduo, o qual nós saímos em diligência, conseguimos localiza-lo e efetuamos a prisão”, asseverou o delegado Walison Damasceno.

O avô suspeito de abusar sexualmente do neto ficará recolhido na carceragem da delegacia de polícia em Uruará a disposição da justiça.

O Bebê completou 1 ano de vida recentemente, no dia 14 de janeiro.

Por Joabe Reis com informações da Polícia Civil de Uruará