PARÁ TEM 118 ASSASSINATOS SÓ NOS PRIMEIROS 8 DIAS DO ANO

quinta-feira, janeiro 11, 2018

Se nada for feito com urgência, os números da violência no Pará, em 2018, deverão ficar muito acima dos anos anteriores. Segundo dados exclusivos conseguidos pelo DOL junto ao Sistema Integrado de Segurança Pública (SISP), somente nos oito primeiros dias do ano já foram registradas 118 mortes violentas em todo o Estado.



Estatisticamente, esses valores equivalem a uma média de 15 mortes por dia, sendo 106 homicídios, três latrocínios e nove mortes por intervenção policial. Para se ter uma ideia, em todo o ano passado, a média foi de 12 mortes violentas por dia. Só ontem (10), foram registradas cinco mortes em apenas sete horas.


O advogado e mestre em segurança pública Brenno Miranda avalia que a diminuição da violência é viável desde que haja empenho por parte da Secretaria de Segurança, com a realização de investigações policiais, efetiva atuação de policiais nas ruas e prisões de milicianos e demais criminosos.

"É preciso ter ações coordenadas com programas de diminuição da criminalidade. É preciso usar melhor os recurso. Ter a polícia mais próxima e com a credibilidade da população", enfatiza Brenno, que reforça a necessidade de efetivação de programas sociais. "O que o Estado está fazendo não é o ideal".

Segundo ele, a demora em promover concursos públicos só piora a situação, inclusive, dos trabalhadores na ativa. "Policias civis estão aposentando, e os últimos concursos realizados somente estão repondo perdas, sem ampliar o efetivo ou melhorar as condições de trabalho dos policiais", diz.

Latrocínio

Os latrocínios (roubo seguido de morte) são vistos de forma mais alarmantes pelo especialista na medida em que envolve dois crimes violentos. "O latrocínio é um assalto que não deu certo. Na maioria das vezes, a pessoa de bem acaba sendo vítima da violência", disse.


Fonte: DOL
Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Pará deve sediar centro integrado de Segurança da região Norte

Pará deve sediar centro integrado de Segurança da região Norte "É preciso que cada um cumpra com a sua obrigação, que tenhamos pulso forte e que se trabalhe muito para que possamos devolver a paz para a população paraense. Tivemos audiência hoje com o Presidente da República, Michel Temer, o Ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, e deputados federais do Pará onde ficou decidido que o Centro Integrado de Comando e Controle da Região Norte será instalado em Belém. É um espaço que integra todos os órgãos de segurança pública, federais e estaduais, com o objetivo de investigar e reduzir a onda de violência que tomou conta da nossa região, do nosso estado e da região metropolitana da nossa capital Belém", disse Helder Barbalho. Por Gleyson Araujo SAIBA MAIS NO LINK: www.tvcidadesbt.com.br/2018/04/para-deve-sediar-centro-integrado-de.html

Publicado por TV Cidade SBT em Sexta, 13 de abril de 2018
Acidentes (733) Altamira (1030) Anapu (57) Belo Monte (227) Belo Sun (14) Brasil (1866) Brasil Novo (668) Celebridades (95) Ciência (192) Cinema (74) Clima e Tempo (51) Curiosidades (983) Desaparecidos (13) Eleições (263) Esporte (76) Governo Federal (369) Ibama (59) Imprensa (115) Internet (415) Itaituba (185) Justiça (715) Marabá (43) Medicilândia (198) Mundo (860) Música (132) Norte Energia (188) Novo Repartimento (28) Pacajá (47) Pará (920) Placas (45) Polícia (2230) Política (1287) Porto de Moz (27) Religião (565) Rurópolis (71) Santarém (218) SBT (302) Souzel (38) Tecnologia (251) Televisão (372) Transamazônica (369) Tucuruí (53) Uruará (322) Vitória do Xingu (138)

Postagem em destaque

Helder lidera em nova pesquisa para governador do Estado

Helder Barbalho (PMDB) lidera na nova pesquisa sobre a preferência do eleitorado paraense nas eleições deste ano ao governo do Estado. Na in...