Slideshow

Breaking News

ICMBio destrói estrutura de confinamento de búfalos em Porto de Moz

Criador de búfalos diz que teve estrutura de confinamento do rebanho destruído pelo ICMBio na região do Rio Aquiqui em Porto de Moz, no sudeste paraense, região entre o Baixo Xingu e o Amazonas. Segundo nota disparada pela prefeitura da cidade, a ação do Instituto foi truculenta.



Leia a nota na íntegra:

A prefeitura municipal de Porto de Moz, vem repudiar a forma truculenta, desumana, abuso de poder e de autoridade que agentes do Icmbio agiram nesta sexta-feira na propriedade do Sr Preto Tenório, no rio Aquiqui , na resex Verde para sempre.


O Sr Preto reside naquela propriedade a mais de 15 anos, cria búfalos. E hoje agentes do icmbio destruíram sua maromba”curral “ aonde esse pai de família investiu R$ 50.000,00 mil reais e ainda aonde esse cidadão vai colocar o seu gado, que é o único meio de sobrevivência daquela família.

Nada justifica essa ação arbitrária dos agentes do Icmbio.

Os poderes executivo e legislativo desse município jamais concordaram com atitudes como essa e buscaram defender os cidadãos portomozenses que sofrerem esses tipos de abusos praticados por qual quer agentes públicos.


O prefeito do município Berg Campos esteve na casa da família e no local derrubado pelo ICMBio e declarou apoio aos criadores, prometendo buscar justiça para o ocorrido e responsabilização dos acusados pelo prejuízo causado a família.

O ICMBio não se pronunciou sobre o caso até o memento.


Por Felype Adms | Xingu 230