Slideshow

Breaking News

Celpa chama atenção de motoristas para evitar acidentes com postes

O número de acidentes de trânsito com quebra de postes de energia, conhecidos como abalroamento, tem sido preocupante


Só este ano, na região oeste do Pará, mais de 53 postes tiveram que ser trocados, após acidentes de carro em vias públicas. O número ultrapassou o do ano passado, quando foram registrados 48 casos.

Situação que além de colocar em risco a vida de motoristas e passageiros, também causa danos à rede de distribuição e à população, porque muitas vezes ocorre interrupção de energia elétrica.






Os abalroamentos acontecem principalmente por conta do excesso de velocidade e motoristas dirigindo sob efeito de álcool e uso de celular.

Para o executivo de manutenção, Clécio Tabaranã, esse tipo de situação gera transtornos à população e desperdícios de investimento. “Os recursos utilizados para repor os postes e seus componentes, poderiam estar sendo empregados na ampliação das ações de melhoria da qualidade de energia fornecida para os clientes”, ressalta.

Quando há quebra de poste e rompimento de fiação, o custo mínimo de material e serviço é superior a R$ 3 mil. O valor total dos reparos e os danos aos clientes devem ser pagos pelo motorista, que quando localizados são acionados judicialmente.

Para evitar maiores transtornos a Celpa desenvolve ações educativas e constrói defensas, que tem o objetivo de amortecer o impacto da colisão dos veículos em acidentes, preservando a vida de motoristas e passageiros, é outra medida adotada pela concessionária, no município.


Por Núbia Pereira | TV Cidade SBT