Slideshow

Breaking News

Jatene recusa mais uma vez ajuda federal para a segurança no Estado

Segundo porta-voz de Jatene, Estado possui as condições de controlar os acontecimentos sem ajuda federal
(Foto: Arquivo)
O governador do estado do Pará, Simão Jatene, mais uma vez não aceitou a oferta feita pelo Ministério da Segurança Pública que colocou a Polícia Federal e a Força Nacional de Segurança à disposição do Pará.


Fonte ligada diretamente ao Ministério da Segurança Pública informou que em contato com o ministro Raul Jungmann, o governador recusou via telefone.




Na manhã desta última quinta-feira (12), em entrevista a uma emissora de TV local, o Secretário Adjunto de Gestão Operacional da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), André Cunha, disse que o governo do Pará pode controlar e investigar o ataque ao presídio, sem intervenção das forças federais.

A oferta do ministro Raul Jungmann veio após o episódio em que 22 pessoas, entre presos e agentes de segurança, foram mortos durante tentativa de resgate de detentos no complexo penitenciário CRPPIII, em Santa Izabel, na última terça-feira (10).

PEDIDO DE AJUDA


Em razão dos constantes acontecimentos de violência e insegurança no Pará, não é de hoje que autoridades acompanham apreensivas o desenrolar da situação. Em outros momentos, a ajuda das tropas federais de segurança foi oferecida e ignoradas pelo governador.

Em janeiro de 2017, o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho havia se reunido com a bancada paraense na tentativa de garantir o reforço, o que foi dispensado por Jatene.


(DOL)