Slideshow

Breaking News

Internet não vai ser afetada pela greve dos caminhoneiros, diz Anatel

(Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Os serviços de telefonia e internet do Brasil não devem ser afetados pela greve dos caminhoneiros, que causou desabastecimento generalizado pelo país. Em uma audiência na Câmara dos Deputados, o presidente da Anatel, Juarez Quadros, garantiu que a agência está pronta para enfrentar possíveis interrupções nas redes das operadoras.


Durante o fim de semana, as operadoras brasileiras alegaram que seus serviços poderiam ser comprometidos pela falta de combustível. Elas entraram com um pedido de prioridade no abastecimento de veículos usados na manutenção das redes, assim como a escolta de caminhões-tanque até seus reservatórios de geradores.


Caso as equipes de manutenção não conseguissem combustível para realizar suas tarefas, alegavam operadoras e Anatel, as redes de telefonia e internet poderiam sofrer interrupções de serviço.

Apesar dos riscos, Quadros garantiu que até o momento nenhuma falha foi detectada nas redes, e agora a Anatel está pronta para garantir o funcionamento das redes de comunicações. Mas ele disse que a situação ainda é preocupante e que a crise precisa ser solucionada.

"Há uma segurança relativa; entendo que esta crise não pode demorar tanto, porque há sempre um limite. A energia é um grande insumo para o setor de telecomunicações," disse, de acordo com a Agência Câmara.

Olhar Digital