Slideshow

Breaking News

Polícia Civil desmonta laboratório de drogas em Ananindeua


Policiais civis da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) desarticularam uma associação criminosa que possuía um laboratório de drogas, localizado em uma residência, no Conjunto Parque Guajará, em Ananindeua, região metropolitana de Belém.


Na ocasião, foram autuados em flagrante os presos Antonio Henrique Alcântara de Andrade, e o casal Edilson Ribeiro Duarte e Maria Ribeiro Duarte. Com eles, foi apreendida uma adolescente, neta de Maria e Edilson, envolvida no esquema de tráfico de drogas.


Ao todo, foram apreendidos seis quilos de maconha e 500 gramas de cocaína no local. O flagrante foi resultado de investigações. Segundo o diretor da Denarc, delegado Hennison Jacob, a equipe de policiais civis interceptou primeiramente Antonio Henrique, no momento em que ele recebeu da adolescente, na porta da residência, um tablete de maconha com peso de aproximadamente um quilo.


Ao ingressar na casa, para realizar busca domiciliar, a equipe policial visualizou uma espécie de laboratório de drogas em um dos cômodos do imóvel. Nesse espaço, havia tabletes de maconha espalhado e cocaína, além de balanças de precisão e insumos utilizados para a mistura e beneficiamento das drogas. No momento da chegada dos policiais, as drogas estavam sendo cortadas e pesadas para distribuição.

A adolescente confessou aos policiais que estava embalando e pesando as drogas para entregar aos compradores. Segundo ela, a cocaína apreendida ainda seria misturada à barrilha e ao fermento e posteriormente seria separada em porções menores que seriam vendidas por R$ 20 e R$ 50. Ela confirmou ainda aos policiais que chega a lucrar mensalmente cerca de R$ 5 mil com a distribuição de drogas no local.

A equipe da Denarc localizou ainda no local anotações e comprovantes de depósitos bancários. "Os materiais apreendidos serão analisados para dar continuidade às investigações, por haver indícios de participação de outras pessoas no esquema criminoso", explica o delegado Hennison Jacob. A adolescente foi entregue aos responsáveis, após ter prestado esclarecimentos. Os presos adultos estão recolhidos à disposição da Justiça.

Por Karina Pinto| Informa PC PA

Nenhum comentário