Slideshow

Breaking News

APÓS 26 DIAS, GRUPO DESISTE DA GREVE DE FOME POR LULA

Sete pessoas que faziam greve de fome desde o dia 31 de julho, em Brasília, encerraram a manifestação neste sábado (24/8)


Os ativistas estavam sem receber nenhum tipo de alimentação e pedia a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “Ao longo dos 26 dias nós conseguimos fazer um grande debate com a sociedade brasileira e mostrar para o mundo as consequências do golpe e o papel que o Poder Judiciário exerceu para que isso acontecesse “, informou o grupo, em nota divulgada.


Nessa sexta (24), o petista – que está preso em Curitiba (PR) após condenação em segunda instância pelo caso do triplex do Guarujá (SP) – enviou uma carta agradecendo os manifestantes.

“Vamos juntos derrotar os candidatos das elites e da Globo, porque vocês fizeram com que, pela primeira vez, o povo brasileiro fosse no Supremo Tribunal Eleitoral (STF) inscrever um candidato”, afirmou Lula, presidenciável pelo PT.

O discurso não colou e a fome apertou, e para não morrerem de inanição a melhor saída foi justificar que aconteceu um grande debate, quando na verdade a estratégia sequer sensibilizou a justiça brasileira e eleitoral, como se sabe Lula é inelegível e condenado a pena de mais de 12 anos por lavagem de dinheiro e corrupção passiva.


Redação com Metrópoles

Nenhum comentário