Slideshow

Breaking News

Márcio Miranda apresenta propostas para a saúde no Sindicato dos Médicos

Médico por formação e profissão, o candidato ao Governo do Estado, Márcio Miranda esteve na tarde desta terça-feira (21) na sede do Sindicato dos Médicos do Estado do Pará (Sindmepa) para debater com a diretoria colegiada da entidade e profissionais da área algumas das propostas para a saúde que constam em seu Plano de Governo.


"Desde jovem frequento esse ambiente. Amo a profissão, amo a Medicina. O que sou mesmo é médico e mesmo exercendo mandatos, essa é minha profissão", disse Márcio Miranda. "Percorri o estado. Fui presidente da Comissão de Saúde da Alepa e aprendi muito nesse período", comentou Márcio.

Márcio Miranda destacou que a questão das drogas, que possui forte impacto na segurança, precisa de um olhar mais atento, inclusive no cuidado de dependentes químicos. “Infelizmente, a droga tomou conta do país. Temos que ter condições de acolher e atender melhor, para apoiar os dependentes químicos e seus familiares. Hoje existem organizações que trabalham neste sentido e o Estado precisa assumir mais, apoiar mais”, destacou. Márcio Miranda ainda apresentou rapidamente algumas de suas propostas para a área da saúde.

“Vamos implementar unidades com especialidades para fazer diagnóstico, consulta e pequenas cirurgias, de forma mais simples e mais ágil”, disse. Miranda quer também aprofundar o uso da tecnologia para identificar e tratar doenças com mais agilidade. “A telemedicina auxilia muito o diagnóstico e ajuda no tratamento, identificando mais cedo a doença”, afirmou. Outra proposta de Márcio Miranda é estabelecer diálogo e parceria com os municípios, para que todos estabeleçam ações para atenção em saúde básica.

“Esse será um pré-requisito para firmamos convênios em diferentes áreas. Quem ganha com isso é a população, que tem esse atendimento local e assim abre as vagas de leitos em hospitais de média e alta complexidade para outros casos mais graves”, destacou.


“Minha condição de médico impõe esse olhar ainda mais atento para a saúde”, diz Márcio Miranda. “Nosso programa é bem detalhado e inclui outras ações, como ampliação da rede de tratamento de câncer, implementação de mais hospitais regionais e o combate às endemias. O Sindicato e os profissionais de saúde podem nos ajudar não só a implementar essas iniciativas, mas a desenvolver outras também”, destaca Márcio Miranda.

PROPOSTAS - O médico Valdir Cardoso, que é presidente da Federação Médica Brasileira e membro da diretoria colegiada do Sindmepa, comentou que nos últimos meses ocorreu um debate amplo entre a classe médica para definir propostas e posicionamentos sobre o tema saúde para candidatos ao poder Legislativo e ao poder Executivo (Senado, Câmara dos Deputados e Assembleias Legislativas), com documentos encaminhados à Presidência da República e governos dos Estados.

"Entre as propostas, temos a redução dos vazios assistenciais, com a interiorização do atendimento médico, além de ensino e residência médica no país de qualidade, com investimento em pesquisa, para garantir a expansão com a devida e necessária estrutura e qualidade", destacou Valdir Cardoso. Segundo ele, "a principal premissa é exatamente nos mobilizar para que os novos dirigentes trabalhem e garantam o direito da sociedade a ter assistência médica de qualidade", disse.

Márcio Miranda ainda confirmou que o diálogo será uma das marcas da sua gestão, à exemplo do que ocorreu na Assembleia Legislativa (Alepa) nos últimos anos, uma vez que foi o presidente da Alepa por três mandatos consecutivos. “Sabemos que existem demandas mais específicas dos profissionais, como o plano de cargos e carreiras. E tenho facilidade em discutir esses pontos, pois participei ativamente, incluindo emendas no projeto, do Plano de Cargo e Carreiras dos professores. Acho que têm pontos importantes que precisam ser debatidos e podemos trabalhar juntos nisso”, destacou Márcio Miranda.

Imprensa - Márcio Miranda

Nenhum comentário