Slideshow

Breaking News

Centrão perto de abandonar Alckmin e pedir a benção de Bolsonaro


Coordenador da campanha presidencial de Jair Bolsonaro em São Paulo, o deputado federal Major Olímpio afirmou nesta segunda-feira (17) que os partidos do Centrão poderão formalizar nos próximos dias apoio ao candidato do PSL.


Segundo Olímpio, candidaturas como a de Geraldo Alckmin (PSDB) devem ser esvaziadas.

“Já estão fazendo missa de corpo presente há alguns dias”, disse o Major Olímpio sobre o candidato tucano, com o qual o Centrão está alinhado.


O dirigente do partido de Jair Bolsonaro afirmou que a campanha tucana “não está virando” e que, com isso, “muitos quadros ” e apoiadores do ex-governador paulista devem migrar para o candidato do PSL.

Candidato ao Senado, Olímpio disse que há “dezenas” de filiados ao DEM, Solidariedade e PR — que compõem o Centrão — que estão apoiando sua candidatura em São Paulo, apesar de o PSL estar coligado somente com o PRTB em São Paulo e no plano nacional.

Semana passada, o candidato do PP ao Senador do Rio Grande do Sul, Luiz Carlos Heinze, anunciou apoio a Bolsonaro, contrariando a orientação nacional do seu partido.

Contrariando a orientação nacional do partido, o candidato ao Senado Luis Carlos Heinze (PP-RS) anunciou apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

Adaptado da fonte Valor

Nenhum comentário