Slideshow

Breaking News

Estudante mata padrasto de colega dentro de escola

O desentendimento começou depois que o aluno brigou com a colega de sala por causa de uma caneta. O padrasto dela discutiu com o garoto, que o esfaqueou

Homem não resistiu aos ferimentos e morreu ainda dentro da escola(foto: WhatsApp/Divulgação)
Um aluno matou a facadas o padrasto de sua colega de sala dentro de uma escola em Itinga, na Região do Vale do Jequitinhonha, na manhã desta quarta-feira. O crime aconteceu na Escola Estadual Comendador Murta. Segundo a Secretaria de Estado de Educação (SEE), será investigado como o aluno entrou na instituição de ensino com a faca.


Segundo informações de uma funcionária da escola, por volta das 8h40, houve uma desavença entre o aluno, de 17 anos, e a colega dele, de 15. De acordo com a testemunha, os dois iniciaram uma discussão por um motivo fútil – uma caneta, que seria do professor, caiu no chão e o aluno envolvido se abaixou para apanhá-la. A estudante reclamou para o colega. Os dois começaram um bate-boca e indo as vias de fato, com agressões mútuas. 

O professor levou o caso para a diretoria da escola. Na sequência, a estudante envolvida saiu da escola, aproveitando que o portão principal do educandário foi aberto para entrada de um visitante. Ao tomar conhecimento do fato, a mãe e o padrasto da adolescente foram até a escola para outros esclarecimentos.



De acordo com as primeiras informações levantadas junto à Polícia Militar (PM), o padrasto da aluna teve uma discussão com o adolescente de 17 que tinha se envolvido na briga com a enteada. Nesse momento, o aluno sacou uma faca e golpeou o homem dentro da escola, provocando gritaria e pânico entre os demais alunos e professores. A vítima morreu no local. O adolescente fugiu após o crime. 

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) lamentou o ocorrido. Segundo a pasta, a direção da escola acionou a Polícia Militar, o Conselho Tutelar e o serviço de atendimento médico de urgência, logo depois dos fatos. “A diretora acompanhou a vítima ao pronto-socorro, mas ele não resistiu aos ferimentos e faleceu. O estudante suspeito da agressão evadiu da escola após o ocorrido. A investigação do crime fica a cargo das autoridades policiais”, explicou.

O caso será acompanhado, de acordo com a SEE, pela Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Araçuaí, responsável pela coordenação da escola. A direção da escola foi orientada a dar apoio às famílias dos envolvidos. Também será apurado como o garoto entrou com a faca na escola. “A equipe de inspeção escolar também irá apurar internamente as circunstâncias do fato, inclusive sobre o porte da faca pelo adolescente. A SRE também vai planejar, juntamente com a equipe pedagógica da escola, projetos e atividades educativas sobre convivência democrática e prevenção à violência no ambiente escolar”, finalizou a Secretaria.


em.com.br

Nenhum comentário