Slideshow

Breaking News

Bolsonaro cresce seis pontos entre as mulheres, diz Ibope

Imagem: Diego Vara | Reuters
O crescimento de quatro pontos percentuais nas intenções de voto registrados pelo candidato do PSL à Presidência , Jair Bolsonaro, foi impulsionado pelo aumento no apoio entre as mulheres. De quarta-feira até ontem, o deputado saiu de 18% no eleitorado feminino para 24%, uma elevação de seis pontos. O Ibope foi a campo entre sábado e domingo, quando houve manifestações nas ruas contra e a favor do candidato do PSL.


Desde o início da série, em 20 de agosto, Bolsonaro vinha tendo dificuldades para expandir seu apoio entre as mulheres, marcando no máximo 21%, no levantamento da segunda-feira da semana passada. Entre os homens, o candidato do PSL aumentou o domínio, saindo de 36% para 39%. Haddad manteve os patamares anteriores, apenas com oscilação dentro da margem de erro (21% no eleitorado masculino; 20% no feminino).


Bolsonaro também aumentou seu percentual entre os evangélicos. Na última pesquisa contava com o apoio de 34% deles, hoje possui 40% e se consolidou como o preferido. Haddad tem 15%.

Nas simulações de segundo turno, Bolsonaro e Haddad (PT) estão numericamente empatados. Bolsonaro cresceu quatro pontos e chegou a 42% das intenções de voto, mesmo percentual de Haddad, que se manteve estagnado também nos 42%. Votos brancos e nulos, que eram 16% na pesquisa anterior, passaram para 14%. Os indecisos somam 3% em todos os cenários pesquisados pelo Ibope.

O Ibope foi a campo no sábado, 29, e no domingo, 30, e ouviu 3.010 eleitores. A margem de erro estimada da pesquisa é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, com um nível de confiança de 95%. O levantamento foi encomendado pelo jornal O Estado de S.Paulo e pela TV Globo, tendo sido registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR08650/2018.


Conexão Política

Nenhum comentário